Famigerada “lista de leitura para o ano que vem”

Eu já devia ter desistido disso, visto que eu NUNCA leio o que tá nessa listagem. Inclusive, colocar um livro nessa lista é o equivalente a deixá-lo de stand by, de tanto que eu NÃO leio nada que tá nesse rol (da do ano passado, se eu li três foi muito)

Mas como eu não consigo me controlar, então vamos para a tentativa 28ª da listinha básica. A princípio só listei os livros físicos que estão me encarando nas estantes, me julgando por tê-los esquecido lá:

  • História da bruxaria, Jeffrey B. Russell e Brooks Alexander
  • Baratas, Scholastique Mukasonga
  • Orlando, Virgínia Woolf
  • Guerra sem fim, Joe Halderman
  • Mulheres empilhadas, Patrícia Melo
  • Sobre o autoritarismo brasileiro, Lilia Moritz Schwarcs
  • O direito ao sexo, Amia Srinivasan
  • A cidade inteligente, Evgeny Morozov e Francesca Bria
  • Racismo estrutural, Silvio Almeida
  • O senhor das moscas, William Golding
  • Um cântico para Leibowitz, Walter M. Miller Jr.
  • É difícil ser Deus, irmãos Strugátski
  • Rinha de galos, Maria Fernanda Ampuero
  • A teta racional, Giovana Madalosso
  • Johnny, você me amaria se o meu fosse maior?, Brontez Purnell
  • Livrarias, Jorge Carrión
  • Do inferno, Allan Moore

Agora é ver o que dá, e torcer pro meu cérebro não torcer o nariz pra lista que ele mesmo fez. Que venha 2023!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s