leitura

Desafio de primavera: balanço

No início da primavera eu me lancei um desafio: ler apenas autoras mulheres. Qual foi o meu balanço, sabendo que o verão começou hoje, oficialmente?

Na prática, foi um pouco mais difícil do que eu esperava. Eu já havia feito uma outra lista de leitura, e fiquei o tempo todo paquerando ela. Grande parte dos livros que estão aguardando em casa são de autores homens (como os Asimov que estão na estante, os livros da Rádio Londres), e eu havia colocado como meta para o ano ler primeiro o que já havia aqui.

Tirando esse pequeno “tilt cerebral”, acho que o desafio foi válido! Abaixo a lista de livros lidos (ela está completa nessa página do blog) no período, em ordem decrescente (os últimos lidos em cima):

Diário de uma escrava – Rô Mierling

Café forte, Eliane Quintella

John Constantine: Passagens Sombrias (HQ)

A hora da estrela, Clarice Lispector

Diário de uma volátil, Agustina Guerrero (HQ)

Locke & Key: Bem vindo a Lovecraft (HQ)

O enterro das minhas ex, Gauthier (HQ)

Mulheres em ebulição, Julia Holland

A arte de fazer acontecer, David Allen

A mente organizada, Daniel J. Levitin

A chave de casa, Tatiana Salem Levy

Feita de fumaça e osso, Laini Taylor

Nada a dizer, Elvira Vigna

O segredo da Dinamarca, Helen Russell

Diário em tópicos: guia prático, Rachel Wilkerson Miller

O despertar de Cthulhu, vários (HQ)

Mulheres incríveis, Kate Schatz e Miriam Klein Stahl

Compre-me o céu, Xinran

Como ser mulher, Caitlin Moran

Foram 19 livros/HQs, sendo 5 de autores homens: 3 HQs (duas lidas na livraria mesmo, pelo curto espaço de tempo disponível; uma lida na fila do banco, para distrair) e 2 livros. Esse foram escolhidos por serem de não-ficção, e eu estar precisando colocar ordem na casa (digo, na cabeça), e serem títulos sobre funcionamento/organização mental.

14 livros de mulheres, um saldo MUITO positivo, em minha opinião. Tirei a poeira de alguns livros da estante, li alguns na livraria, e até da Biblioteca Pública da cidade eu emprestei!

Pense nisso para seu próximo ano, um desafio sazonal para leitura de autoras mulheres! Dá para listar a pilha dos últimos comprados na Black Friday (apooosto que você tem!), os que tem que ler para a faculdade, o que dá para emprestar na biblioteca; os livros para o #leiamulheres de 2018… Um monte de ideias para darmos uma forcinha à leitura feminina, geralmente deixada para escanteio (acha que isso não acontece? dá uma lidinha nessa reportagem aqui)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s